Como escolher revestimentos para seus ambientes?

Essa semana está acontecendo a Expo Revestir, (hoje o último dia) a feira é um grande evento do setor de acabamentos e revestimentos, criando grandes oportunidades para negócios e também uma grande vitrine para os fabricantes apresentarem seus produtos e lançamentos.

Ontem eu fiz uma breve visita a feira, porém sofri um pouco com meu próprio cronograma apertado e uma feira super lotada! E não vou poder compartilhar com você o post que tinha em mente, mostrando as novidades da feira porque eu também não consegui ver muito, estou sabendo melhor do que vi no stories do instagram (pois é, estava complicado rs). Porém tem um outro assunto relacionado a feira que podemos abordar por aqui e que pode ser até mais útil, você sabe como escolher revestimentos? O que levar em consideração neste vasto mundo de opções que o mercado nos oferece hoje em dia?

REVESTIMENTOS.jpg

Existem "zilhões" de opções, e a cada dia a tecnologia permite inovações criando revestimentos ideais para cada situação. Por onde começar?

É importante você explicar para seu arquiteto ou vendedor qual o ambiente e qual o tipo de uso. É área interna ou externa? Quem vai usar? Qual a principal função do ambiente? Tem animais de estimação? Tem idosos ou crianças que vão utilizar esse ambiente? Qual o tipo de manutenção/limpeza que você tem disponibilidade para fazer? Qual estilo você procura? Qual seu orçamento?

Todas essas respostas vão te direcionar para o tipo de revestimento mais adequado para seu ambiente.

Aqui vai um rápido guia de qual revestimento pode ser mais interessante de se considerar para cada tipo de ambiente de uma residência.

Cozinhas: aqui o ideal é ser um revestimento que possa ser lavado, portanto podemos pensar em cerâmicas, porcelanatos, granitos e outras opções que possam suportar bem gordura e uma sujeira mais pesada sem mancharem e se danificarem.

Banhos: nos banheiros há muita umidade e o mesmo raciocínio da escolha da cozinha se aplica, porém, o uso do banheiro é menos intenso então permite além dos revestimentos já citados, também o mármore, limestone, etc. A maioria dos fabricantes tem peças especiais para utilizar apenas nos banheiros. Uma dica, para deixar o mofo mais distante do seu banheiro é legal utilizar rejunte epóxi, que garante que as sujeiras e fungos não penetrem tão facilmente.

Salas e dormitórios: aqui o leque se abre para madeiras, laminados, vinílicos e outras opções que não se dão bem com água.

Área externa: área externa sofre um desgaste maior por estar mais exposta a chuva e sol, precisa de revestimentos mais resistentes e que proporcionem segurança para quem usa, sendo importante também pensar em materiais antiderrapantes em locais totalmente abertos.

Já para áreas comerciais e corporativas a lógica das perguntas citadas acima permanece, mas adaptando para as atividades de cada ambiente dentro da empresa.

Para quem pensa em reformar, existem dezenas de opções de pisos que podem ser instalados sobrepondo o existente e economizando uma etapa da demolição, mais uma vez espero que você consulte um profissional para te guiar dentre as melhores opções para o seu ambiente e que vai te ajudar além de definir estes aspectos práticos a chegar numa estética bacana que combine com suas expectativa também.

Espero que esse texto tenha sido útil, se ficou alguma dúvida me escreve que tentarei ajudar!

Até o próximo post!

photo-1495936387332-f28b44e85bfd.jpg